Um dos homens assassinados em Itapajé na tarde deste sábado, dia 4, trata-se de um representante comercial. Muito conhecido na cidade, Francisco Pereira Gomes, 33 anos, era conhecido pelo apelido de Junior, o mesmo era esposo de uma professora que está grávida de nove meses.

Segundo informações de pessoas próximas à família, o casal aguardava com expetativas e muita alegria a chegada da primeira filha, que está agendado para a próxima quinta-feira(9). Junior foi morto por ter testemunhado a execução de José Cássio Barbosa de Sousa, 19 anos. Os crimes aconteceram no Bairro Barateiro.

O acusado de efetuar os disparos é um menor de 17 anos que em setembro foi apreendido pela polícia pela prática de roubo.


COMENTE ABAIXO

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.