Proprietários rurais têm até esta quinta-feira (31) para fazer o Cadastro Ambiental Rural (CAR). O alerta está sendo feito, por meio do rádio, pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace). Autarquia responsável pelo CAR no Ceará disponibilizou onze bases de atendimento gratuito para 166.307 pequenos proprietários de 109 municípios mapeados pelo Idace. O serviço é realizado em Crato, Brejo Santo, Tauá, Iguatu, Crateús, Limoeiro do Norte, Beberibe, Canindé, Quixeramobim, Itapipoca e Sobral. Sem o CAR, o proprietário ficará impedido de participar dos programas de apoio à agricultura familiar.

Nesta terça-feira (29), o superintendente da Semace, Carlos Alberto Mendes, deu entrevistas sobre a importância do cadastramento dentro do prazo, em emissoras de rádio de Quixeramobim e de Crateús. “O nosso apelo é para que os pequenos produtores possam ir até os postos de atendimento, que é uma exigência imposta por uma Lei Federal, com documentos pessoais e da terra, independentemente de ser o proprietário ou ter a posse, a terra ser produtiva ou improdutiva”, afirmou o superintendente.

O CAR é feito somente pela internet, por meio de um sistema unificado que disponibiliza informações sobre os recursos naturais das propriedades de todas unidades da Federação. “O Governo do Estado, através da Semace e em parceira com o BNDES, está financiando o atendimento, e é muito importante que as pessoas se conscientizem de que é de graça e não deixem de fazer, pensando que o prazo vai ser prorrogado”, alertou.

Nesta quarta-feira (30), o mesmo apelo será divulgado por uma rede de 300 emissoras de todo o estado. No Ceará, 132.742 imóveis estão cadastrados. Dos 7.948.067 hectares passíveis de cadastro, 69,9% já estão no sistema.

O que o CAR quer saber

No cadastramento, o proprietário informa a área do imóvel e a localização, que são confirmados por meio de imagens de satélite. Declara também a existência de imóveis e outras benfeitorias, a cobertura do solo (vegetação, plantios, imóveis) e a ocorrência de área consolidada, de áreas de preservação e de reserva legal. Comunidades com dificuldade de acesso podem pedir a presença de uma equipe de cadastradores do CAR.

Ouça

O superintendente da Semace, Carlos Alberto Mendes, fala da importância do CAR e apela aos produtores rurais.

 

Carlos Alberto Mendes explica o que pode acontecer se os produtores perderem o prazo para realizar o CAR.


COMENTE ABAIXO ⬇

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.