A cadeia pública de Itapajé foi palco de uma verdadeira carnificina na manhã desta segunda-feira, dia 29. De acordo com informações colhidas até agora, pelo menos quatro detentos teriam sido mortos a tiros. Ainda não se sabe quem teria iniciado os disparos, nem se houve interferência externa.

Relatos dão conta de que dezenas de tiros foram efetuados durante o que parece ter sido um confronto entre grupos rivais. Viaturas policiais e ambulâncias continuam mobilizadas para atender à ocorrência. O hospital municipal está atuando neste instante trabalhando com três médicos plantonistas.

A direção da unidade convocou ainda enfermeiros e técnicos de enfermagem que estavam de folga. Ainda segundo a direção da Fusec, o grande número de curiosos está dificultando o atendimento dos feridos. Um princípio de incêndio também foi registrado na unidade de privação de liberdade. A PM solicitou reforço para controlar a situação o quanto antes. Mais informações nas próximas postagens.


COMENTE ABAIXO ⬇

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.