25.1 C
Itapipoca

Nós Itapipoca

Casos de Covid no Ceará aumentam quase 30% a cada semana, diz secretário da Saúde

Dr. Cabeto ainda ressalta que é importante tomar cuidados para ajudar os profissionais de saúde, que estão "adoecidos e cansados".

mais lidas

O titular da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), Carlos Roberto Martins, o Dr. Cabeto, alertou que, sem o respeito ao isolamento social, o número de pessoas infectadas pela Covid-19 continuará a subir no Ceará neste mês de fevereiro. Segundo o secretário, já observa-se um aumento de 30% dos casos a cada semana. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em entrevista ao Sistema Verdes Mares, ele enfatizou que, “se tudo caminhar como está, haverá aumento”. “Estamos subindo semanalmente os atendimentos”, explicou. 

“Se o comportamento não mudar, se não houver medidas da própria população, a gente deve aumentar (os registros de casos). Estamos aumentando quase 30% a cada semana. Isso é muito grave”, avaliou. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Em janeiro, os casos dispararam de 66,7% a 200% nos municípios cearenses. Cabeto ponderou que os trabalhadores da linha de frente de combate à Covid-19 estão “adoecidos e cansados”.

“Já são quase 12 meses de luta intensa e constante. Então, é preciso que a gente ajude os profissionais de saúde também. Aqui, eu faço outro apelo: vamos ajudar a gente a cuidar”, acrescentou. 

Na tarde desta quinta-feira (4), Cabeto divulgou um vídeo em que faz um apelo para a população cearense respeitar o isolamento social.

“Precisamos proteger os vulneráveis, as pessoas de baixa renda, que têm pouca capacidade de isolamento. Para isso, não podemos nos aglomerar”, frisou. “Os jovens precisam entender que agora é um momento de restrição, que a gente não pode fazer festas clandestinas, se aglomerar nos bares. Falta pouco, e esse pouco você pode ajudar a ser mais rápido”, apelou o secretário.

Medidas restritivas

Para tentar conter a circulação do coronavírus e a alta de casos, o Governo do Estado já havia anunciado medidas mais restritivas na Capital. Até o próximo dia 17, estabelecimentos comerciais que oferecem atividades econômicas não essenciais em Fortaleza só poderão funcionar até as 20h.

Fonte: Diário do Nordeste

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!