Permanece presa na Delegacia de Polícia Civil da cidade de Jijoca de Jericoacoara, no Litoral Oeste do Ceará, a mulher presa em flagrante na noite desta quarta-feira (20), na zona rural de Camocim (a 373Km de Fortaleza). Após dar à luz, ela enterrou, ainda vivo, o bebê do sexo feminino. Logo em seguida, porcos atacaram  a recém-nascida e comeram partes do corpo.

O crime de infanticídio revoltou os moradores da comunidade de Buriti, na zona rural de Camocim. Foi necessário que a Polícia transferisse a acusada para outro Município. Logo, a notícia se espalhou na região e ganhou repercussão nas redes sociais e na imprensa.

Segundo o relato da Polícia, moradores ouviram o choro da criança vindo do matagal e decidiram verificar o que estava acontecendo. Logo em seguida, a Polícia Militar foi acionada. O corpo do bebê apresentava ferimentos graves e mutilações causadas pelo ataque dos animais. A suspeita é de que a criança estava viva quando foi atacada na mata.

O corpo do bebê foi encaminhado ao Núcleo da Perícia Forense do Ceará (Pefoce) da cidade de Sobral, na Zona Norte do estado.


COMENTE ABAIXO ⬇

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.