25.1 C
Itapipoca

Nós Itapipoca

Itapipoca e outras cidades do Ceará receberão Tuk Tuk em setembro

Serviço será testado nas cidades de Itapipoca, Quixadá, Santa Quitéria e Boa Viagem.

mais lidas

Um novo serviço de transporte chega ao Ceará em setembro próximo. As cidades de Itapipoca, Quixadá, Santa Quitéria e Boa Viagem serão as primeiras a conhecer o serviço Tuk Tuk, com veículos de triciclos elétricos. O custo estimado para usuários em percurso médio de até dois quilômetros é de no máximo R$ 5.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Com investimentos de R$ 250 mil, as 12 primeiras unidades chegaram da China no último dia 27. Do Porto de Santos, em São Paulo, onde estão sendo montados, eles virão para o Estado. A iniciativa é da empresa Lokatuk, que depois do Ceará pretende expandir para outros estados brasileiros.

O serviço de transporte poderá ser solicitado pelo aplicativo Tuker. Pelo porte do veículo, o indicado é que até três passageiros – preferencialmente dois adultos e uma criança – sejam transportados por vez. Apesar do modelo ter abertura nas laterais, o veículo conta com cintos de segurança e só irá trafegar em velocidade máxima de 40 km/h.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Fundador da empresa, Miguel Andrade explica que o serviço já está regulamentado no Brasil pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e pode ser emplacado em qualquer unidade do Detran nas localidades. Miguel decidiu trazer o serviço após verificar a adesão durante viagem a Portugal. A ideia é que o serviço atenda a pequenos trechos de deslocamento, além de cidades do interior. 

“A ideia de trazer para o Interior é para fazer os testes de conceito do modelo de negócio. São cidades menos movimentadas, mais seguras e que não possuem muitas alternativas de transporte”, afirma o executivo. “O cliente baixa o App Tuker, faz o cadastro e já pode contratar o serviço, assim como outros aplicativos de transporte”.

De acordo com a empresa, pilotos selecionados irão pagar, em formato de leasing, aluguel mensal de R$ 400. Valor cobre o triciclo e um seguro para danos e acidentes. O App Tuker cobra taxa de até 25% de comissão.

“O leasing se encerra após 36 meses, quando os pilotos poderão optar em ficar com o triciclo, como proprietários, pagando um residual em torno de R$ 3.500 ou devolver o Tuk Tuk”, diz a empresa em comunicado. Depois desse tempo, o motorista poderá optar por alugar um equipamento novo.

Fonte: O Povo Online

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!