Defesa Civil do Rio Grande do Sul divulga boletim com novos números das enchentes: 143 óbitos confirmados e 125 desaparecidos

Mutirão de resgate já salvou mais de 76 mil pessoas e 10 mil animais; população é orientada a verificar lista de desaparecidos

Portal Itapipoca Portal Itapipoca
2 Min Read
- PUBLICIDADE -

No boletim atualizado divulgado às 9h deste domingo (12), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul apresenta dados preocupantes sobre as consequências das recentes enchentes que assolaram 446 municípios gaúchos. O número de óbitos confirmados subiu para 143, enquanto ainda há 125 pessoas desaparecidas. O impacto direto atingiu mais de 2 milhões de pessoas, deixando 537.380 desalojadas, 806 feridas e 81.170 buscando abrigo.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A mobilização de profissionais e voluntários de todo o país tem sido fundamental. Até o momento, mais de 76 mil pessoas e 10 mil animais foram resgatados. As equipes de socorro contam com um contingente de 27.589 pessoas, apoiadas por 4.398 viaturas, 41 aeronaves e 340 embarcações.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

Diante da situação crítica, a orientação às famílias é verificar se seus nomes constam na lista de desaparecidos. Caso positivo, devem dirigir-se à Delegacia de Polícia Civil mais próxima para regularização dos dados.

Como medida preventiva, a Defesa Civil estadual incentiva o cadastro para receber alertas meteorológicos. Basta enviar o CEP da localidade por SMS para o número 40199. O cadastramento também pode ser feito via WhatsApp, pelo telefone (61) 2034-4611, ou através do link fornecido pela Secretaria de Comunicação do governo gaúcho. Após a interação inicial, o usuário poderá compartilhar sua localização para receber as atualizações diretamente da Defesa Civil estadual.

Compartilhe
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Advertisement -

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!