Roubos tem redução de 11,6% em junho no Ceará

Somente entre maio e junho, houve redução de 22,1% nos Crimes Violentos contra o Patrimônio ocorridos nas cidades do Interior Sul

Publicidade

mais lidas

O mês de junho foi encerrado com redução de 34,5% nos Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVP), nos municípios correspondentes ao Interior Sul cearense, conforme os dados compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp). Em todo o Ceará, a retração foi de 11,6% no período. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Foram 194 registros de crimes em junho de 2022, contra 296, no mesmo período no ano passado. No acumulado do semestre, que corresponde ao período entre janeiro e junho de 2022, a redução foi de 15,6%, com 1.534 casos nos seis primeiros meses do ano, contra 1.818 no ano passado. 

Para o secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS-CE), a redução foi impactada por investimentos realizados pelo Governo do Ceará, como o pagamento de Indenização por Reforço de Serviço Operacional (Irso) para Polícia Militar do Ceará (PMCE) e horas extras para a Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE). “Houve um aumento do policiamento preventivo e ostensivo, realizado pela PMCE em áreas que concentravam maior incidência de casos, além das investigações realizadas pela PC-CE, que acabaram desencadeando a desarticulação de esquemas de receptação de veículos e outros bens, com apoio de atividades de inteligência”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Nas cidades do Interior Norte, a redução ficou em 18,5% no mês de junho de 2022, com 290 casos no mês passado, contra 356 em junho de 2021. Já no acumulado do semestre, a região teve queda de 15,1%, com 1.841 ocorrências nos seis primeiros meses de 2022, contra 2.168 no mesmo período, no ano passado. 

Demais regiões

Nas cidades da Região Metropolitana de Fortaleza, houve redução de 20,5% durante o mês de junho, com 639 casos em 2022, contra 804 no mesmo período, em 2021. Em Fortaleza, a retração em junho foi de 4,9%, indo de 2.441 casos para 2.321. No acumulado do semestre, o decréscimo foi de 4,5%, indo de 16.182 para 15.450. 

Em todo o Ceará, a retração foi de 11,6% no mês de junho, com 3.444 em 2022, contra 3.897 no ano passado. No semestre, a redução foi de 6,6%, indo de 24.433 para 22.831. 

O secretário da SSPDS, Sandro Caron, lembra que a tecnologia é fundamental para o alcance dos números e continuidade da retração. “Utilizamos várias ferramentas tecnológicas como o sistema de Videomonitoramento da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), o Agilis e outros. Esse aparato tecnológico, aliado com a maior operacionalidade da Polícia Militar e a capacidade de investigação da nossa Polícia Civil favorecem esse cenário”, finaliza. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!