Operação da Receita Federal intercepta casal com 7,3 quilos de skunk em cintas abdominais no Aeroporto de Fortaleza

Passageiros em voo de Manaus a Brasília são detidos durante abordagem rotineira; droga está avaliada em mais de meio milhão de reais

Publicidade

Mais lidas

Na madrugada desta quarta-feira (20), uma operação de rotina da Divisão de Repressão da Receita Federal da Terceira Região Fiscal (Direp03) resultou na detenção de um homem e uma mulher não identificados no Aeroporto de Fortaleza. Os passageiros estavam em um voo de Manaus com destino a Brasília, realizando conexão na capital cearense, quando foram surpreendidos pelos agentes federais.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A substância ilícita, identificada como skunk e totalizando 7,3 quilos, estava habilmente oculta em cintas abdominais nos suspeitos. Avaliada em mais de meio milhão de reais, a droga foi descoberta no momento em que a aeronave proveniente de Manaus pousou em Fortaleza.

A ação dos servidores da Receita Federal culminou na imediata condução dos suspeitos e da droga às autoridades policiais locais. Ambos serão submetidos a uma investigação detalhada por meio de inquérito policial, visando esclarecer as circunstâncias do crime e identificar possíveis conexões com organizações criminosas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!