Resultado do Sisu 2023: MEC divulga chamada regular e início da lista de espera

Matrículas dos selecionados devem ser feitas entre 29 de junho e 4 de julho, enquanto candidatos não selecionados têm prazo até 4 de julho para manifestar interesse na lista de espera

Publicidade

Mais lidas

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta terça-feira (27), em Brasília, os resultados da chamada regular da segunda edição do Sistema de Seleção Unificado (Sisu) de 2023. Os estudantes selecionados deverão realizar a matrícula no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior do Sisu, no período de 29 de junho a 4 de julho.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A partir de hoje, inicia-se o prazo para os candidatos não selecionados na chamada regular manifestarem interesse em participar da lista de espera. Os interessados têm até as 23h59 do dia 4 de julho (horário de Brasília) para fazê-lo, através do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior – Sisu.

Segundo o MEC, “o candidato poderá manifestar interesse na lista de espera em apenas um dos cursos para o qual optou por concorrer em sua inscrição no Sisu. A convocação por meio da lista de espera será a partir de 10 de julho”.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

As informações sobre as convocações da lista de espera serão disponibilizadas pela instituição na qual o estudante se inscreveu, e as convocações serão gerenciadas e realizadas pela própria instituição, de acordo com seu planejamento. É importante que os candidatos verifiquem o edital da instituição de educação superior e o site correspondente para obterem todas as informações necessárias.

Nesta segunda edição do Sisu de 2023, estão disponíveis 51.277 vagas em 1.666 cursos de graduação, distribuídos em 65 instituições de ensino superior. O MEC informa que o certame registrou 305.797 inscritos e 578.781 inscrições em cursos ofertados, considerando que os candidatos podem escolher até duas opções de cursos.

O Sisu é um sistema eletrônico gerido pelo MEC, que reúne as vagas oferecidas por instituições públicas de ensino superior em todo o Brasil. A maioria das vagas é ofertada por instituições federais, como universidades e institutos.

O processo seletivo do Sisu é baseado nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A inscrição é gratuita e realizada exclusivamente pela internet, por meio dos serviços digitais do governo federal (gov.br).

O MEC esclarece que, “até o limite da oferta das vagas, por curso e modalidade de concorrência, de acordo com as escolhas dos candidatos inscritos, eles são selecionados por ordem de maior classificação, em cada uma das duas edições anuais do Sisu”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!