Tragédia na Líbia: Cerca de 10 mil pessoas desaparecidas após grandes enchentes

Enchentes devastadoras causam destruição e perdas humanas massivas no leste da Líbia

Publicidade

Mais lidas

Tamer Ramadan, chefe da delegação da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC), revelou hoje que aproximadamente 10 mil pessoas estão desaparecidas após as devastadoras enchentes que atingiram a Líbia. A tragédia ocorreu quando as represas estouraram durante uma tempestade, causando a destruição de cerca de um quarto da cidade de Derna, localizada no leste do país.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com o ministro da administração que controla a região leste da Líbia, mais de 1 mil corpos já foram recuperados até o momento, e a contagem de mortos pode chegar a milhares. As enchentes causaram um cenário de devastação, deixando a população local em estado de emergência.

Ramadan declarou: “Podemos confirmar, a partir de nossas fontes independentes de informação, que o número de pessoas desaparecidas está chegando a 10 mil até o momento”. Ele fez essa afirmação em uma videoconferência realizada a partir da Tunísia, destacando a gravidade da situação.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A IFRC está se mobilizando para lançar um apelo por financiamento emergencial a fim de fornecer ajuda às vítimas das enchentes na Líbia. Os desafios enfrentados pelas equipes de resgate e ajuda humanitária incluem a falta de acesso a instalações básicas de saúde, a necessidade de serviços de saúde urgentes, abrigo e gerenciamento de abrigo, bem como a distribuição de alimentos e itens não alimentares.

A comunidade internacional agora se volta para a Líbia, buscando formas de ajudar a população afetada por essa terrível tragédia, enquanto a nação enfrenta uma das piores crises humanitárias de sua história recente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!