A família de Lucilene Galdino de Albuquerque não era a favor do relacionamento dela com Antônio Maria Rodrigues Ferreira Pessoa, 42 anos. Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ele usou duas facas para matar a mulher na noite deste domingo em Itapipoca, no norte do Estado. Além do feminicídio, ele também feriu o filho e um primo da vítima. O suspeito foi preso. Antes, ele tentou se matar, mas foi impedido por policiais.

Procurados pela reportagem, familiares de Lucilene disseram não aprovar o relacionamento dos dois devido ao comportamento de Antônio Maia que, segundo uma sobrinha da vítima, já teve problemas com drogas. “Todo mundo sabe que a família não era a favor desse relacionamento. A gente fica com o coração partido, aceitava ele por ela”, disse a sobrinha da vítima, Leila Galdino.

Segundo ela, o suspeito “sempre foi complicado“, mas ninguém imaginava que ele pudesse matar a companheira. “Ele já tinha tido no passado problemas com drogas, mas se converteu e se tornou evangélico. Fazia até um trabalho em uma casa que acolhia pessoas com drogas”, afirmou.

Feminicídio

Antônio Maria Rodrigues Ferreira Pessoa não tinha antecedentes criminais, de acordo com a SSPDS. Segundo o órgão, ele usou duas facas para matar Lucilene e ferir o filho dela, de 18 anos, e um sobrinho. Os dois tentaram defendê-la. Segundo policiais da cidade, o crime foi cometido após uma discussão do casal motivada por ciúmes.

O filho, identificado como Alef Davi, foi encaminhado para o Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza, para fazer um procedimento cirúrgico por ter levado um corte profundo. O segundo ferido, Francisco Alan, foi levado para uma unidade hospitalar de Itapipoca.

O homem foi preso em flagrante e será indiciado por feminicídio e tentativa de duplo homicídio.

Lucilene tinha 51 anos e iria inaugurar, na próxima semana, um centro de estética em Itapipoca, sonho que realizaria como resultado de 20 anos de trabalho.


COMENTE ABAIXO ⬇

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.