Suspeito de praticar atos libidinosos contra criança de 10 anos é preso em flagrante em Itapipoca

Homem com histórico criminal é detido após agredir e abusar sexualmente de uma criança no centro da cidade.

Publicidade

Mais lidas

Na noite dessa quinta-feira (20), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) realizou uma ação que resultou na prisão em flagrante de um homem de 34 anos, acusado de cometer atos libidinosos contra uma criança de apenas 10 anos de idade. O crime aconteceu na cidade de Itapipoca.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Durante um patrulhamento rotineiro, uma equipe do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da PMCE se deparou com uma movimentação intensa de pessoas em uma praça no centro de Itapipoca. Ao investigar a situação, os policiais constataram que um homem estava sendo agredido por populares, após ter sido flagrado cometendo atos libidinosos contra a criança de apenas 10 anos.

O suspeito já tinha passagem pela polícia pelos crimes de tráfico ilícito de drogas e estupro de vulnerável, o que aumentou a gravidade da situação. Diante dos fatos, os militares conduziram o homem à Delegacia Regional de Itapipoca, unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) na cidade, onde ele foi autuado em flagrante por mais esse crime.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A vítima, uma criança corajosa de apenas 10 anos, foi acompanhada pelos pais e também prestou esclarecimentos à Polícia Civil sobre o terrível episódio que sofreu.

Em respeito à proteção da identidade da vítima, a identidade do suspeito não será revelada. Após os procedimentos, o homem foi encaminhado para uma unidade do sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da Justiça.

A Polícia Civil ressalta a importância da colaboração da população para combater crimes dessa natureza e solicita que qualquer informação relevante seja repassada para a Delegacia Regional de Itapipoca, através do número (88) 3673.7042. Além disso, denúncias podem ser feitas de forma anônima para o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) pelo número 181, ou ainda pelo WhatsApp através do (85) 3101-0181, onde é possível enviar mensagens, áudios, vídeos e fotografias com total sigilo garantido. A participação da comunidade é fundamental para ações eficazes e para a proteção de nossas crianças contra violência e abuso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!