CEARÁ: Dia D de vacinação contra Covid-19 ocorre neste sábado (25)

Nova vacina contra Covid-19 será aplicada no público prioritário. Vacinas como Influenza e Poliomielite também serão oferecidas à população.

Brasil 61 Brasil 61
5 Min Read
- PUBLICIDADE -

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

O estado do Ceará já começou a vacinação contra o Covid-19 com o novo imunizante da fabricante Moderna. A vacina monovalente protege contra a cepa XBB — em maior circulação atualmente, segundo o Ministério da Saúde. No sábado, 25, será o Dia D da vacinação — que chama o público prioritário a se imunizar contra a nova vacina da Covid. E o público em geral para atualizar a caderneta com doses de outras vacinas, como Poliomielite e Influenza, por exemplo. 

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

A coordenadora de imunização do Ceará, Ana Karine Carneiro, explica a importância dos grupos prioritários fazerem a adesão à campanha. 

“Eles são considerados de maior risco para o adoecimento, maior vulnerabilidade. É importante que esses grupos prioritários possam buscar a vacinação, esse processo da atualização, aproveitando que os mesmo grupos prioritários da Influenza são os da Covid. É uma oportunidade de otimizar as estratégias de vacinação”.

Segundo a Secretaria de Saúde estadual, o Ministério enviou um primeiro lote com 108 mil doses do imunizante monovalente, que está sendo distribuído para os 184 municípios do estado — de acordo com os critérios populacionais previstos pela pasta. Cada cidade deve executar suas estratégias de vacinação de acordo com a realidade local.

 Nova vacina contra Covid-19: distribuição nacional das doses

Ao todo, o Ministério da Saúde comprou 12,5 milhões de doses de imunizantes e iniciou a distribuição às 27 unidades da federação. Número que, conforme informa o Ministério, será suficiente para atender a todos que precisam neste momento. E avisa que  não vão faltar doses para o público prioritário.

O diretor do Departamento do Programa Nacional de Imunizações, Eder Gatti, ressalta a proteção que o novo imunizante oferece.

“Estamos trazendo uma vacina nova que tem uma cobertura para o tipo de vírus mais atual, que mais circula neste momento. É uma vacina cuja plataforma é de RNA mensageiro. Ela é segura e ela traz proteção contra uma cepa omicron que circula mais”.

Nova vacina contra Covid-19: público-alvo

O público-alvo da vacinação contra a Covid-19 é formado por crianças — de seis meses até menores de cinco anos. E adultos dos grupos prioritários — maiores de 60 anos, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, trabalhadores da saúde, indígenas e quilombolas, além de população privada de liberdade ou quem vive em abrigos.

Desde janeiro deste ano, a vacinação contra a Covid-19 para esse público prioritário faz parte do Calendário Nacional de Vacinação. Além disso, o Ministério da Saúde passou a recomendar uma dose anual ou semestral para grupos prioritários com cinco anos de idade ou mais e maior risco de desenvolver formas graves da doença, independentemente do número de doses prévias recebidas.

 Quem nunca recebeu uma dose de vacina contra covid-19 — e quiser se imunizar — pode começar o esquema a qualquer momento, com a recomendação de receber duas doses, com intervalo de 28 dias entre elas. Para isso, basta levar documento de inscrição com foto a uma unidade de saúde.

O presidente da Sociedade Mineira de Infectologia, Adelino de Melo Freire Júnior, reforça que as vacinas vão sendo atualizadas de acordo com as novas cepas dos vírus que circulam — como o que acontece com a vacina da gripe anualmente. Por isso, os grupos mais vulneráveis precisam estar com a vacinação em dia para não contraírem a doença.

- CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE -

 “Essa nova vacina que chega é uma atualização necessária, porque o vírus evoluiu e as vacinas anteriores deixam de ter uma proteção tão eficiente. Então, a vacina nova que está chegando é necessária para a gente se proteger de forma mais ativa contra o vírus que circula hoje”, afirma Adelino de Melo Freire Júnior.

Para mais informações sobre Covid-19, acesse: www.gov.br/saude.
 

Pixel Brasil 61

Compartilhe
Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

- Advertisement -

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!