25.1 C
Itapipoca

Nós Itapipoca

Ações das Polícias Civil e Militar no Ceará resultam no aumento de 141% nas apreensões de drogas

Maconha é a principal substância ilícita apreendida.

Publicidade
Publicidade

mais lidas

Ações das Polícias Civil e Militar resultaram no aumento de 141% nas apreensões de substâncias ilícitas no primeiro quadrimestre de 2021 no Estado do Ceará. De acordo com informações da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), de janeiro abril de 2020, foram 551,8 quilos de drogas apreendidos. Durante o mesmo período deste ano, as apreensões aumentaram para 1.330 quilos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

No primeiro quadrimestre de 2021, o tipo de drogas mais apreendido foi o derivado da cannabis (maconha e haxixe). Em 2021, pouco mais de uma tonelada foi apreendido, cerca de 1.036 quilos. Em seguida, a cocaína, com 208,9 quilos, seguido do crack, com 84,6 quilos apreendidos. Os dados são compilados pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp). Ainda de acordo com os dados, os dias que mais registraram apreensões, no mês de abril, foram as terças e sextas-feiras.

As apreensões ocorreram nos horários entre as 6h e as 11h59; e das 12h às 17h59.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Ações no território cearense

O aumento de abordagens e intensificação das operações e de investigações são as ações por trás dos números avançados pelas Forças de Segurança do Ceará. Além da Capital, policiais civis e militares também focam suas ações para o interior do Estado. O exemplo é o trabalho realizado pelo Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (Bepi) da Polícia Militar, por meio do Comando Tático Rural (Cotar) e da Companhia de Operações de Divisas (COD).

Investigação nas divisas

O trabalho focado nas divisas também se estende à Polícia Civil, com dastaque para o Núcleo de Combate ao Tráfico (NCTD) do Cariri. Por se tratar de uma região estratégica, contam com os policiais civis especializados que atuam especialmente no combate ao tráfico interestadual.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Publicidade
Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!