Caixa abre agências mais cedo para mutirão de renegociação de dívidas no Programa Desenrola Brasil

Clientes têm oportunidade de quitar débitos com descontos de até 90%.

Publicidade

Mais lidas

Nesta sexta-feira, 21 de julho, os clientes da Caixa Econômica Federal têm um incentivo especial para renegociarem suas dívidas. O Programa Desenrola Brasil, de renegociação de dívidas do governo federal, promoverá um mutirão em todas as agências do banco, que abrirão uma hora mais cedo para atender a população de forma mais direcionada.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Nos primeiros dias de vigência do Desenrola Brasil, a Caixa já beneficiou 225 mil pessoas com dívidas de até R$ 100, permitindo que tivessem seus nomes limpos. Além disso, para reforçar a mobilização, a Caixa enviará um caminhão-agência para a cidade de Santos (SP).

A presidente da Caixa, Maria Rita Serrano, estará presente nas agências do Distrito Federal, enquanto diversos diretores do banco se deslocarão para outros estados, a fim de garantir um atendimento eficiente e facilitado aos clientes.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O mutirão tem alcançado resultados expressivos, com o dobro da procura normal por renegociação nos canais do banco em apenas dois dias de atendimento. Essa ação visa proporcionar facilidades aos clientes, permitindo a quitação à vista das dívidas com descontos que variam entre 40% e 90%, dependendo do contrato de cada cliente, além da possibilidade de parcelamento em até 96 meses.

Além do Programa Desenrola Brasil, que começou a vigorar no dia 17 de julho, a Caixa também está promovendo o Tudo em Dia Caixa, uma campanha própria de renegociação de dívidas. Nessa iniciativa, pessoas físicas e jurídicas em débito com a instituição poderão receber descontos de 40% a 90%, sendo que o percentual de desconto aumenta conforme a redução no número de parcelas escolhidas para pagamento.

A primeira fase do Desenrola Brasil já está em andamento, com duas ações paralelas. A primeira beneficia as pessoas com débitos de até R$ 100, vencidos até 31 de dezembro do ano passado, permitindo que seus nomes sejam limpos, embora a dívida não seja perdoada. Na segunda ação, pessoas físicas com renda de até R$ 20 mil e dívidas em bancos sem limite de valor podem renegociar diretamente com os clientes em troca da antecipação de créditos tributários, em que o governo ofereceu R$ 50 bilhões em créditos antecipados proporcionalmente aos descontos concedidos. Cada R$ 1 de desconto na dívida proporciona R$ 1 em crédito tributário para a instituição financeira.

Com essas iniciativas, a Caixa Econômica Federal busca contribuir para a regularização financeira de seus clientes e oferecer condições favoráveis para a renegociação de dívidas, beneficiando milhares de brasileiros em todo o país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!