Pároco da Igreja Católica Nossa Senhora das Mercês, em Itapipoca, padre Marques foi acusado nesta quinta-feira, 17, de desviar R$ 200 mil da instituição. Contudo, a denúncia é feita por site usando nome do O POVO Online. O blog não pertence e não está vinculado ao Grupo de Comunicação O POVO. 

A informação é a única publicada no blog, não menciona fontes, apenas informa que “grupo de empresários” teriam reclamando da manutenção da paróquia. “Fui surpreendido hoje (quinta-feira) pela manhã com todo mundo mandando essa notícia. Vou procurar a Polícia para investigar quem fez isso”, disse Marques.

Segundo ele, na noite de quarta-feira, 16, funcionários da Igreja foram procurados por suposto jornalista do O POVO requisitando entrevistas para apurar a denúncia. “Mandaram essa mensagem para todos, até o bispo recebeu. É estranho como conseguiram o telefone de todo mundo”, afirmou o padre. 

No entanto, ele disse não ter sido procurado pela suposta reportagem. “Se tivesse sido teria prontamente apresentado todas as contas da paróquia”, disse. Ele ainda aponta imprecisões no texto, como um setor de tesouraria na paróquia. “Não temos essa coordenação, ao menos não com esse nome”, 


COMENTE ABAIXO ⬇

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.