Este ano, o evento tem como tema: “Pesca Artesanal e Turismo Comunitário na Defesa do Território Camponês” / Foto: Erius Tiarajú

A Regata Ambiental de Paquetes do Assentamento Maceió em Itapipoca já é uma tradição entre as populações da zona costeira consolidando práticas festivas e de demarcação de território. A competição náutica é valorizada pelos assentados e pescadores, pois celebra a cultura dos povos do mar, a resistência frente a especulação imobiliária e a degradação ambiental por parte dos empresários que desejam a posse das terras.

A 8ª Regata Ambiental de Paquetes da praia de Maceió em Itapipoca Ceará acontecerá nos dias 17 e 18 de agosto. É uma realização do Acampamento Nossa Terra e do Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra (MST) em parceria com o Instituto Terramar e o Centro de Estudos do Trabalho e Assessoria ao Trabalhador (CETRA) com o apoio do Governo do estado do Ceará.

Esse ano com o Tema “Pesca Artesanal e Turismo Comunitário na Defesa do Território Camponês” o evento é aguardado pelas comunidades vizinhas, entidades parceiras e lideranças da região.

No dia 17 acontece a abertura a partir das 19:30, seguido da noite cultural com apresentações como a dança com o grupo Parentes do Toré, dos índios Tremembé da Barra do Mundaú, grupo Balanço do Coqueiro, dança do Coco dos Caetanos de cima e segue com música ao vivo com Lana Mara, Luiza Nobel e Romário Wesley.

Dia 18 a partir das 8h haverá benção dos pescadores, às 10 horas gincanas e competições, atletismo, futebol, vôlei e a partir das 11h inicia a competição náutica com participação de cerca de 80 pescadores, durante a competição também haverá show com a banda Los Manos e Romário Wesley e uma barraca com culinária típica da região.

“A 8ª Regata Ambiental acontece em uma conjuntura bem difícil para classe trabalhadora, nesse sentido é um espaço de reafirmação da nossa identidade camponesa da luta e da resistência de um povo que não perde seus costumes e preserva sempre suas raízes e tradições, será um espaço de festa de celebração dos 30 anos de lutas, resistências e conquistas do MST no Ceará” afirma Renata Silva, militante do MST e da coordenação da 8ª regata ambiental de Paquetes.

Para chegar no local onde acontecerá a 8ª Regata é necessário seguir na CE 168 sentido praia da Baleia, haverá placa indicando o caminho desde a entrada do assentamento Maceió até o acampamento Nossa Terra.

Acampamento Nossa Terra

O Acampamento Nossa Terra fica localizado dentro do Assentamento Maceió, no município de Itapipoca, a ocupação aconteceu em 22 de fevereiro de 2007 a partir da iniciativa das famílias assentadas na tentativa de impedir a especulação imobiliária por parte de empresários que tinham intensão de transformar a área de praia do assentamento em grandes empreendimentos.

Livramento Gonçalves, assentada destaca a importância da luta e da resistência dos povos do mar e da construção das regatas de paquetes organizada pelas famílias do acampamento “quando nós percebemos que a especulação imobiliária chegou aqui na nossa comunidade, nós nos desafiamos a enfrentar a luta para permanecer, seguimos junto com muitas organizações em defesa da nossa terra e do nosso mar, não somente por nós, mas principalmente pelas futuras gerações, assim como nossos antepassados lutaram e nos deixaram herdeiros desse processo de resistência, decidimos lutar, ocupar a área e não permitir que tomassem nosso território.”.


COMENTE ABAIXO ⬇

Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.