Instabilidade do WhatsApp causa alarde entre usuários

Aplicativo de mensagens enfrenta problemas de conectividade em escala global, gerando mais de 53 mil notificações no Downdetector

Publicidade

Mais lidas

Nesta quarta-feira (19), o WhatsApp, popular aplicativo de mensagens, enfrentou uma interrupção no envio de mensagens, resultando em uma onda de preocupação entre seus usuários. Por volta das 17h, diversos relatos do problema começaram a inundar o Twitter e outras plataformas online.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O site Downdetector, conhecido por monitorar quedas de serviços em várias áreas, desde telefonia até redes sociais, recebeu mais de 2,3 mil notificações de instabilidade no WhatsApp às 17h05. O pico de notificações atingiu 53,6 mil às 17h22, mostrando a amplitude do impacto do incidente.

Diante da situação, o WhatsApp se pronunciou por meio de seu perfil oficial no Twitter, assegurando aos usuários que a equipe estava trabalhando diligentemente para resolver os problemas de conectividade e que atualizações seriam fornecidas em breve. Além disso, relatos de usuários de diferentes partes do mundo, incluindo México, Suécia e Paquistão, confirmaram o alcance global da instabilidade.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Por volta das 18h, os serviços do WhatsApp foram restaurados, e a conta oficial do aplicativo confirmou o retorno, compartilhando a mensagem “E estamos de volta, feliz bate-papo!” vinte minutos após a primeira comunicação. Contudo, o WhatsApp não esclareceu a causa da instabilidade, deixando os usuários curiosos sobre o motivo por trás do incidente.

A instabilidade do WhatsApp ressalta a importância crescente das redes sociais e aplicativos de mensagens como plataformas vitais de comunicação, bem como a preocupação dos usuários diante de interrupções em serviços tão amplamente utilizados. A falta de informações detalhadas sobre a causa do problema também levanta questões sobre a transparência das grandes empresas de tecnologia em relação a eventos desse tipo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!