Governo Federal estabelece metas para municípios reduzirem acidentes de trânsito e premiará os cumpridores

Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans) visa diminuir em 50% os acidentes até 2030, com foco nas cidades mais afetadas e medidas para promover a segurança viária

Publicidade

Mais lidas

No dia de abertura da Semana Nacional do Trânsito, o Governo Federal anunciou um ambicioso plano para reduzir os acidentes de trânsito no Brasil e, ao mesmo tempo, reconhecer e recompensar os municípios que atingirem suas metas de segurança viária. O Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans) estabelece como objetivo a redução em 50% do número de feridos e mortes nas vias do país até 2030.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

De acordo com a Secretaria Nacional do Trânsito (Senatran), vinculada ao Ministério dos Transportes, quase 80% das mortes registradas no Brasil ocorrem em apenas 20% dos municípios, o que corresponde a quase 1,2 mil cidades com mais de 30 mil habitantes. Esses números alarmantes destacam a necessidade de uma abordagem mais direcionada para combater o problema que afeta não apenas a segurança dos cidadãos, mas também o sistema de saúde e a economia do país. Atualmente, cerca de 25 mil pessoas perdem a vida anualmente em acidentes de trânsito no Brasil.

O secretário Nacional de Trânsito, Adrualdo Catão, anunciou que a pasta irá oferecer consultoria especializada aos municípios participantes, apresentando as melhores práticas de segurança viária para os gestores locais. O cumprimento das metas será acompanhado de perto pela secretaria, visando assegurar o progresso e a eficácia das medidas adotadas em cada região.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Este anúncio ocorreu durante a abertura da Semana Nacional do Trânsito, uma iniciativa que ocorre anualmente entre 18 e 25 de setembro, e que neste ano tem como foco principal a segurança nas vias do país. A ação busca sensibilizar a sociedade para a importância da educação no trânsito e medidas que visam à preservação de vidas.

No mesmo contexto, a Semana Nacional da Mobilidade, que coincide com a Semana Nacional do Trânsito e culmina com o Dia Mundial sem Carro, em 22 de setembro, traz ainda mais destaque à temática. Neste dia, o governo federal planeja apresentar um plano abrangente para estimular o uso de bicicletas como meio de transporte, promovendo a mobilidade sustentável e reduzindo a dependência dos automóveis, contribuindo assim para a diminuição dos congestionamentos e dos acidentes de trânsito.

O Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito representa um passo significativo na busca por estradas mais seguras e cidades menos impactadas pelos acidentes. A medida demonstra o comprometimento do governo em abordar esse problema crítico de saúde pública, ao mesmo tempo em que estimula a adoção de práticas e políticas que salvem vidas e promovam uma mobilidade mais segura e sustentável para todos os brasileiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!