25.1 C
Itapipoca

Nós Itapipoca

Policial militar cria projeto social e ajuda mais de 170 famílias carentes

Tudo começou em dezembro de 2018, quando Sherlian resolveu comemorar o seu aniversário e, ao invés de presentes, ele pediu alimentos para doar para a comunidade.

Publicidade
Publicidade

mais lidas

“Um grupo de amigos comprou uma ideia solidária e não mediu esforços para ajudar o próximo”, foi assim que o idealizador do Projeto Amigos Solidários, soldado Sherlian Rodrigues, do Batalhão de Policiamento Turístico (BPTUR), conseguiu transformar um sonho em realidade. Junto com mais duas pessoas, soldado Jefferson Reginaldo, da 1ª Companhia do 17º Batalhão (1ª Cia/ 17ºBPM), e o advogado Nillis Nascimento, esse grupo de amigos reuniu-se para levar segurança alimentar as famílias carentes que moram na comunidade 4 Varas, na Barra do Ceará, em Fortaleza.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Tudo começou em dezembro de 2018, quando Sherlian resolveu comemorar o seu aniversário e, ao invés de presentes, ele pediu alimentos para doar para a comunidade. Desde então não parou mais. “Na primeira ação conseguimos ajudar 20 famílias. Hoje temos 100 famílias fixas cadastradas em nosso projeto e mais 70 itinerantes em bairros adjacentes”, explica o idealizador do projeto.

Sherlian e Jefferson são soldados da Polícia Militar do Ceará e viram que a profissão deles, também poderia ajudar incentivar e a mudar a realidade de muitas famílias que participam do Projeto. “É uma oportunidade de aproximação da criança e da comunidade com a Polícia Militar. Já escuto de algumas crianças que tem o sonho de ser policial. Outras tem orgulho de fazer parte de um projeto que tem policiais à frente. É muito gratificante ter esse retorno, como cidadão e como policial”, afirma Sherlian.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Hoje, há outros voluntários que se uniram aos três fundadores para ajudar a ampliar o projeto, são mais de 20 pessoas engajadas para ajudar a Comunidade. Atualmente, o Amigos Solidários não possui um espaço físico, mas sempre que pode utiliza a quadra de uma escola próxima para realizar reuniões e, em época de Covid-19, utiliza o meio virtual para traçar novas ações com os voluntários. Desde sua criação, já foram realizadas muitas ações, só nesse período de pandemia conseguiram arrecadar mais de duas toneladas de alimentos.

Mas os planos não param por aí, dando mais um passo, o Projeto está adicionando a sua rotina práticas esportivas para proporcionar um ambiente de interação, relações sociais e desenvolvimento. Além da segurança alimentar, os voluntários ministrarão, gratuitamente, aulas de surf, kite surf, futevôlei e vôlei para crianças. Até o final do ano a intenção é adicionar outras instruções, como muay thai, jiu jitsu, capoeira e, para não deixar os jovens e adultos de fora, terão aulas de zumba e funcional, alcançando toda a comunidade independente da faixa etária.

VOCÊ QUER SER UM VOLUNTÁRIO OU DOADOR?

“Sim, tudo é bem-vindo, alimentos, roupas, brinquedos e materiais pra realização das atividades esportivas”, explica Sherlian. Se você ficou interessado e quer contribuir ou fazer parte desse projeto, saiba mais sobre o Projeto através do instagram do @amigossolidarios1.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Publicidade
Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!