25.1 C
Itapipoca

Nós Itapipoca

Anúncio sobre decreto de isolamento rígido no Ceará será feito neste sábado, diz Camilo

Governador fez uma postagem nas redes sociais informando que continua avaliando os indicadores da Covid-19 no estado.

Publicidade
Publicidade

mais lidas

O governador Camilo Santana (PT) vai anunciar neste sábado (10) a decisão sobre o novo decreto de isolamento social rígido no Ceará. Por meio de uma publicação nas redes sociais, o chefe do executivo estadual informou na noite desta sexta-feira (9) que continua avaliando os indicadores da Covid-19 para só então fazer o anúncio.

“Estive reunido nesta sexta-feira com o comitê que delibera sobre o decreto estadual relativo à pandemia. Avaliamos os indicadores da Covid em todo o estado e as medidas que estão sendo tomadas para o controle da pandemia no Ceará. Continuaremos avaliando os termos do decreto com muito rigor e responsabilidade para o anúncio ainda neste sábado”,, disse.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A expectativa é que o governador anuncie a volta do funcionamento gradual dos serviços não essenciais. No domingo (4), Camilo adiantou a possibilidade da retomada das atividades econômicas a partir de 12 de abril. Até lá, o isolamento social rígido permanece em vigência.

O Ceará está em decreto de isolamento social rígido desde 13 de março, quando o anúncio foi feito pelo governador Camilo Santana. Fortaleza adotou medidas mais rígidas uma semana antes, em 4 de março. Durante esse período, ficou permitido apenas o funcionamento das atividades consideradas essenciais, como supermercados e farmácias.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A decisão foi tomada após reunião com o comitê técnico científico do governo, autoridades sanitárias do estado e representantes do Ministério Público e setores da economia, em transmissão ao vivo, ao lado do prefeito de Fortaleza, José Sarto Nogueira (PDT). O Ceará está em isolamento social rígido deste o dia 13 de março.

Mortes por Covid-19 no Ceará

O número de mortes por Covid-19 no Ceará na primeira semana de abril cresceu bastante em relação ao que ocorria no início deste ano. A média de óbitos por dia que era de 51 em janeiro deste ano subiu para 118 na primeira semana de abril, entre os dias 1º e 7 de abril. Os dados foram extraídos nesta sexta-feira (9) na plataforma IntegraSUS, que divulga os dados oficiais da pandemia no estado.

Na quinta-feira (8), o Ceará atingiu a triste marca de 15 mil óbitos desde o início da pandemia. Os expressivos dados na primeira semana de abril dão continuidade a marcas registradas em março de 2021 como, por exemplo, quatro dias do mês passado que marcaram mais de 90 mortes pela doença, algo que não acontecia desde junho de 2020.

A primeira semana de abril é, inclusive, a mais letal de 2021, se comparada com igual período dos meses anteriores. O Ceará registrou média diária de:

  • 69 óbitos na primeira semana de março
  • 22 óbitos primeira semana de fevereiro
  • e 15 óbitos primeira semana de janeiro.

Apesar da crescente e da aproximação do pico da segunda onda da pandemia no estado, nesta quarta-feira (7), foram registrados 105 falecimentos em consequência da doença, o menor número em 10 dias, quando foram registrados 101 óbitos, em 28 de março.

Fonte: G1

FonteG1

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Publicidade
Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!