Fluminense inicia jornada rumo ao título mundial contra o Al Ahly

Após a recente glória na Libertadores, o Tricolor carioca enfrenta o Al Ahly em busca de mais um feito histórico

Publicidade

Mais lidas

Nesta segunda-feira, dia 18 de dezembro, exatamente 44 dias após a emocionante vitória na Copa Libertadores da América, o Fluminense se prepara para um desafio de proporções épicas: conquistar o tão almejado título do Mundial de Clubes da Fifa. Às 15h (horário de Brasília), a equipe comandada pelo estrategista Fernando Diniz entra em campo no Estádio King Abdullah, em Jeddah (Arábia Saudita), para disputar as semifinais contra o Al Ahly, campeão da Champions League da África.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

O adversário, apesar de ser estreante na competição, não é desconhecido do cenário mundial. O Al Ahly, participante de nove edições anteriores, conquistou o terceiro lugar em 2006, 2020 e 2021. A equipe egípcia assegurou sua vaga na semifinal ao eliminar, na última sexta-feira (15), o anfitrião Al-Ittihad por 3 a 1, equipe que contava com astros como Benzema e Kanté.

Para o Fluminense, apenas a vitória importa nesta segunda-feira. O sucesso garantirá a classificação para a disputa do título mundial contra o vencedor da outra semifinal, entre Manchester City e Urawa Red Diamonds, marcada para as 15h de terça-feira (19). A tão esperada final do Mundial de Clubes ocorrerá na próxima sexta-feira (22), também às 15h.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Consciente do desafio que sua equipe enfrenta, o técnico Fernando Diniz destacou durante coletiva no domingo (17) que o Fluminense está bem preparado para enfrentar o adversário egípcio, observando detalhadamente sete jogos do Al Ahly. Diniz ressaltou o mérito do time africano e expressou respeito pela consistência e popularidade do Al Ahly.

A temporada vitoriosa do Tricolor foi coroada com o título da Libertadores, e agora, a apenas dois jogos de distância, o Fluminense busca mais um título inédito para sua coleção. Para Diniz, disputar o Mundial de Clubes não foi apenas um evento casual, mas sim o resultado de trabalho árduo e persistência, refletindo o sonho alimentado diariamente pela equipe desde a chegada do treinador em abril de 2022.

Possíveis Escalações:

  • Fluminense: Fábio; Samuel Xavier (Guga), Nino, Felipe Melo e Marcelo; André, Matheus Martinelli e Ganso; Arias, Keno e Cano.
  • Al Ahly: El Shanawy; M. Hany, El Hanafi, Abdelmonem e Maâloul (El Debes); Attia, Ashour e Koka (Fouad); Tau, El Shahat e Kahraba.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!