TSE retoma julgamento que pode levar à inelegibilidade de Jair Bolsonaro

Sessão prevista para começar às 19h nesta terça-feira (27) avaliará conduta do ex-presidente durante reunião no Palácio da Alvorada

Publicidade

Mais lidas

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) retoma nesta terça-feira (27) o julgamento que pode resultar na inelegibilidade do ex-presidente Jair Bolsonaro. A sessão, agendada para as 19h, dará continuidade às análises iniciadas na última quinta-feira (22), quando foram ouvidos os argumentos das partes envolvidas.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A ação foi protocolada pelo PDT e se refere à conduta de Bolsonaro durante uma reunião com embaixadores realizada no Palácio da Alvorada, em julho do ano passado. O ex-presidente é acusado de atacar o sistema eletrônico de votação durante o encontro, cuja legalidade foi questionada pelo partido.

O voto do relator, ministro Benedito Gonçalves, marcará o reinício do julgamento. Em seguida, os demais ministros – Raul Araújo, Floriano de Azevedo Marques, André Ramos Tavares, Cármen Lúcia, Nunes Marques e o presidente do Tribunal, Alexandre de Moraes – irão proferir seus votos.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Caso algum ministro solicite a suspensão do julgamento com um pedido de vista, o prazo para devolução do processo é de 30 dias, podendo ser renovado por mais 30. Devido ao recesso de julho nos tribunais superiores, o prazo máximo seria estendido para 90 dias.

Caso haja a necessidade de uma terceira sessão para concluir o julgamento, o TSE já reservou a data de quinta-feira (29) para a continuidade dos trabalhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!