25.1 C
Itapipoca

Nós Itapipoca

Empresas de alimentação fora do lar podem solicitar Benefício Energia até 4 de junho

O benefício será para quitação dos débitos na conta de energia vencida desde o início da pandemia.

Publicidade
Publicidade

mais lidas

Empresas do setor de alimentação fora do lar, como bares, restaurantes e afins, terão mais uma oportunidade de se cadastrar para o Benefício Energia. O Governo do Estado do Ceará prorrogou o prazo de inscrição até 4 de junho. O benefício será para quitação dos débitos na conta de energia vencida desde o início da pandemia.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Os interessados devem fazer solicitação no site oficial da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), órgão responsável pelo benefício. O link é este: https://sistemas.seinfra.ce.gov.br/central/seinfra/beneficio_energias/new

Durante a realização do cadastro, os solicitantes devem apresentar foto da fachada do estabelecimento e outras informações, como valor total do débito, CNPJ da empresa e o número do cliente, que consta na conta de energia. Outros documentos podem ser solicitados ao longo do processo de análise, como cópias das faturas de energia em atraso. O formulário possui campos que podem ser preenchidos com informações opcionais, como a quantidade de funcionários, faturamento anual e horário de funcionamento.

Quem tem direito

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Empresas ou Microempreendedores Individuais (MEIs) do setor de alimentação fora do lar que estejam em funcionamento e possuam débitos referentes a faturas de conta de energia vencidas no período compreendido entre março de 2020 e 20 de abril de 2021. A CNAEA principal do estabelecimento deve ser compatível com as previstas para o ramo de atuação, que estão listadas na página de solicitação do benefício (Link: https://sistemas.seinfra.ce.gov.br/central/seinfra/beneficio_energias/new).

Processo

Após finalizado o período de cadastramento, será iniciada a fase de habilitação das empresas, em que haverá a conferência e confirmação das informações e a análise dos documentos e valores dos débitos apresentados pelos estabelecimentos. Depois disso, se dará início ao processo de avaliação e quitação dos débitos habilitados. Condições, limites e requisitos para o pagamento serão estabelecidos em decreto específico, que será publicado logo que haja a definição do público-alvo interessado e conhecimento das informações validadas na etapa de habilitação dos débitos.

Benefícios para o setor

O Benefício Energia é uma das iniciativas de suporte para os estabelecimentos de alimentação fora do lar. Além desta, estão em vigor isenções de contas de água Cagece, parcelamento de ICMS em 60 meses (5 anos) e isenção do IPVA para veículo registrado no CNPJ da empresa.

COMENTE

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

últimas notícias

Publicidade
Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!