Petrobras amplia locais de prova e democratiza acesso em novo concurso público

Número de cidades para realização do exame sobe de 19 para 35, abrindo oportunidades para candidatos de diferentes regiões do Brasil. Inscrições serão reabertas na próxima segunda-feira (8).

Publicidade

Mais lidas

A Petrobras anunciou nesta quarta-feira (3) uma significativa ampliação no número de cidades onde as provas objetivas do seu concurso público serão aplicadas no dia 24 de março. O total de localidades passou de 19 para 35, representando um aumento notável de 84%. Este concurso visa preencher 916 vagas de nível técnico, com 20% destinadas a pessoas com deficiência (PCD) e 20% reservadas para candidatos negros, além da formação de cadastro de reserva. A remuneração mínima para os aprovados atinge R$ 5.878,82.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

A decisão de ampliar os locais de prova reflete uma mudança significativa no processo seletivo. A gerente executiva de Recursos Humanos da Petrobras, Lilian Maria Louzada Soncin, destacou que as cidades de realização das provas não estarão mais vinculadas aos polos de trabalho escolhidos no momento da solicitação de inscrição, cujo prazo de abertura foi em 28 de dezembro. Devido a essa alteração, as inscrições foram temporariamente suspensas para ajustes no sistema e serão reabertas na próxima segunda-feira (8), com o prazo de encerramento mantido em 31 de janeiro.

Os cargos disponíveis abrangem diversas áreas, incluindo Enfermagem do Trabalho, Logística de Transportes, Manutenção, Operação, Projetos, Construção e Montagem, Química de Petróleo, Segurança do Trabalho, e Suprimento de Bens e Serviços – Administração.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE

Um ponto relevante é a democratização do acesso ao concurso em escala nacional. Os candidatos já inscritos terão a oportunidade de alterar o local de prova até o término das inscrições em 31 de janeiro. O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, destacou a importância dessa medida, afirmando que ela visa aumentar as chances para candidatos de diferentes regiões do Brasil.

“Estamos atendendo a uma demanda que chegou até nós pelos próprios candidatos e consideramos um pedido legítimo. A Petrobras é uma empresa de todo o Brasil; então, nada mais justo do que as provas serem realizadas em todas as capitais, de Norte a Sul. Com isso, ampliamos as chances de os brasileiros de diferentes regiões poderem disputar uma vaga e tornar realidade o sonho de ser um empregado da Petrobras”, disse Prates.

O edital completo, requisitos de formação para cada área, quantidade de vagas e distribuição por polo, além das cidades que fazem parte de cada polo, podem ser consultados no edital do processo seletivo.

Este é um marco para a Petrobras, sendo o primeiro concurso da empresa com uma reserva de 20% de vagas para pessoas com deficiência, superando o percentual mínimo exigido por lei, que é de 5%. A instituição organizadora do processo seletivo público é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção de Promoção de Eventos (Cebraspe). O processo terá validade de 18 meses, podendo ser prorrogado por igual período uma vez, a critério da Petrobras. As inscrições têm taxa de R$ 62,79.

Confira a lista de cidades onde as provas serão aplicadas:

  • Rio Branco
  • Maceió
  • Manaus
  • Salvador
  • Fortaleza
  • Brasília
  • Vitória
  • Goiânia
  • São Luís
  • Belo Horizonte
  • Betim (MG)
  • Campo Grande
  • Belém
  • João Pessoa
  • Ipojuca (PE)
  • Recife
  • Curitiba
  • Araucária (PR)
  • Duque de Caxias (RJ)
  • Itaboraí (RJ)
  • Macaé (RJ)
  • Rio de Janeiro
  • Natal
  • Porto Alegre
  • Canoas (RS)
  • Florianópolis
  • Aracaju
  • Campinas (SP)
  • Cubatão (SP)
  • Mauá (SP)
  • Paulínia (SP)
  • Santos (SP)
  • São José dos Campos (SP)
  • São Paulo
  • Palmas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas notícias

Conteúdo protegido!

 

Você não tem permissão para copiar/reproduzir nosso conteúdo!

Enviar mensagem
1
Fale conosco
Envia sua notícia ou denúncia para a nossa equipe de jornalismo!